domingo, 31 de dezembro de 2017

São Miguel do Passa Quatro é Contemplada no Programa Internet Para Todos

Das 50 cidades que deverão ser contempladas inicialmente pelo programa Internet Para Todos, cinco municípios da região da estrada de ferro estão entre os escolhidos para receberem o benefício.

O programa Internet Para Todos foi lançado na última quarta-feira, 27, pelo ministro Gilberto Kassab, titular do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Bonfinópolis, São Miguel do Passa Quatro, Gameleira de Goiás, Cristianópolis e Palmelo estão entre os municípios escolhidos que poderão ter internet de alta velocidade transmitida via satélite.

As conexões serão possibilitadas por meio de antenas que recebem o sinal do satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC). 

O aparelho está estacionado a 36 mil quilômetros da Terra e pode garantir Internet em todo o território nacional, inclusive nos oceanos.

Segundo Gilberto Kassab, caberá aos prefeitos inscreverem seus municípios e fazerem os preparativos necessários. “A contrapartida da prefeitura é bastante simples. 

Primeiro, cabe ao prefeito identificar uma área que ficará sob responsabilidade da administração municipal, aonde ela fará a segurança da antena a ser instalada. Segundo, custear a energia que esse equipamento vai despender, que é uma coisa muito barata. Terceiro, enviar para a Câmara a aprovar a isenção de ISS (Imposto Sobre Serviço) dessa operação”, detalha o ministro.

De acordo com Kassab, o programa vai beneficiar não só residências, mas também escolas e hospitais. O valor médio que será cobrado dos usuários não está definido, mas deve ser menor que o padrão. Fonte: www.diariodebonfim.blogspot.com.br

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Sobre o Estatuto do Desarmamento

 Uma boa explicação. Quem é a favor do armamento precisa ouvir e refletir.

domingo, 17 de dezembro de 2017

Novena de Natal na Rádio

Em São Miguel do Passa Quatro, a Novena de Natal do ano 2017 está sendo realizada também na Rádio Comunitária São Miguel FM,  87,9.

Os encontros estão acontecendo  desde o dia 11 de Dezembro e já foram realizados seis encontros, hoje acontecerá o sétimo.   Os encontros da novena estão acontecendo no horário das 18:05 às 19:00 horas.

Os encontros também estão sendo realizados nas casas, por vários grupos,  espalhados pelo município.

Papa completa 81 anos de vida

O Papa celebra hoje o seu 81.º aniversário, num dia em que rezou, como é tradição, a oração do ângelus desde a janela do apartamento pontifício, ao meio-dia de Roma, acompanhado por milhares de peregrinos na Praça de São Pedro.

Um grupo de crianças assistidas pelo Dispensário Pediátrico “Santa Marta” saudou Francisco, numa audiência privada na Sala Paulo VI, para lhe dar os parabéns.

Já na Praça São Pedro, o Papa ouviu e leu os votos de "parabéns" dos que se reuniram na Praça de São Pedro.

Jorge Mario Bergoglio nasceu em Buenos Aires, capital da Argentina, a 17 de dezembro de 1936; filho de emigrantes italianos, trabalhou como técnico químico antes de se decidir pelo sacerdócio, no seio da Companhia de Jesus, licenciando-se em filosofia e teologia.

Ordenado padre a 13 de dezembro de 1969, foi responsável pela formação dos novos jesuítas e depois provincial dos religiosos na Argentina (1973-1979).

João Paulo II nomeou-o bispo auxiliar de Buenos Aires em 1992 e foi ordenado bispo a 27 de junho desse ano, assumindo a liderança da diocese a 28 de fevereiro de 1998, após a morte do cardeal Antonio Quarracino.

O primaz da Argentina seria criado cardeal pelo Papa polaco a 21 de fevereiro de 2001, ano no qual foi relator da 10ª assembleia do Sínodo dos Bispos.

Tem como lema ‘Miserando atque eligendo’, frase que evoca uma passagem do Evangelho segundo São Mateus: "Olhou-o com misericórdia e escolheu-o."

O cardeal Jorge Mario Bergoglio seria eleito como sucessor de Bento XVI a 13 de março de 2013, após a renúncia do agora Papa emérito, assumindo o inédito nome de Francisco; é o primeiro Papa jesuíta na história da Igreja e também o primeiro pontífice sul-americano.

O pontífice fez até hoje 21 viagens internacionais, nas quais visitou o Brasil, Jordânia, Israel, Palestina, Coreia do Sul, Turquia, Sri Lanka, Filipinas, Equador, Bolívia, Paraguai, Cuba e Estados Unidos da América, Quénia, Uganda, República Centro-Africana, México, Arménia, Polónia, Geórgia, Azerbaijão, Suécia, Egito, Portugal, Colômbia, Mianmar e Bangladesh, bem como as cidades de Estrasburgo (França), onde passou pelo Parlamento Europeu e o Conselho da Europa, Tirana (Albânia), Sarajevo (Bósnia-Herzegovina) e Lesbos (Grécia).

Entre os principais documentos do atual pontificado estão as encíclicas 'Laudato si', dedicada a questões ecológicas, a 'Lumen Fidei' (A luz da Fé), que recolhe reflexões de Bento XVI, e as exortações apostólicas 'Evangelii Gaudium' (A alegria do Evangelho) e ‘Amores Laetitia’ (A alegria do amor).

Este último documento recolhe as conclusões do Sínodo sobre a Família, em duas sessões (2014 e 2015), com consultas alargadas às comunidades católicas.

O Papa promoveu ainda um Jubileu da Misericórdia (dezembro 2015-novembro 2016), terceiro ano santo extraordinário na história da Igreja Católica, durante o qual canonizou Madre Teresa de Calcutá, e um Ano da Vida Consagrada.

A reforma da Cúria Romana, com a ajuda de um Conselho de Cardeais dos cinco continentes, já levou à criação de dois dicastérios (Leigos, a Família e a Vida; para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral) e de várias medidas na administração económico-financeira da Santa Sé e do Estado do Vaticano. Fonte: Agência Ecclesia

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Venda do pré-sal é um desastre para o Brasil - Portal Vermelho

Venda do pré-sal é um desastre para o Brasil - Portal Vermelho: Além do leilão a preço vil, a Petrobras deu informações estratégicas à concorrência, acusa o geólogo Luciano Seixas Chagas.

domingo, 5 de novembro de 2017

Temer reduz o salário mínimo, mas aumenta gás e conta de luz - Portal Vermelho

Temer reduz o salário mínimo, mas aumenta gás e conta de luz - Portal Vermelho: Com apoio da elite do empresariado, liderado pela Fiesp (Federação das indústria de São Paulo), foi lançada a campanha 'Não Vou Pagar o Pato', iniciada em 3 de setembro de 2015, pelo presidente da entidade Paulo Skaf (PMDB-SP). Era uma campanha para insuflar o impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff, sob a fachada de ser contra o aumento de impostos.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

A entrega do pré-sal a um centavo o litro - Portal Vermelho

A entrega do pré-sal a um centavo o litro - Portal Vermelho: Uma década após a Petrobrás ter descoberto a maior reserva de petróleo da atualidade, as multinacionais comemoram o bilhete premiado que estão prestes a ganhar do governo golpista. Na sexta-feira, 27, serão realizados dois leilões simultâneos do pré-sal, para entrega de oito grandes áreas exploratórias, que contêm pelo menos 12 bilhões de barris de petróleo de altíssima qualidade, que custará às multinacionais R$ 0,01 o litro.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Rádio ganha placa de identificação

A Rádio São Miguel FM 87,9, a querida comunitária de São Miguel do Passa Quatro, agora conta com placa de identificação.

Na placa de identificação foi fixada a logomarca da rádio. Esta logomarca foi criada pelo nosso querido diretor de operações e comunicador Pedro Lima.

A São Miguel FM 87,9, pode ser ouvida também pela internet: www.saomiguelfm.com ou pelo aplicativo, que pode ser baixado do play store e instalado no celular.

A rádio continua fazendo sucesso, com programações de notícias, músicas, bate-papo, religiosos e transmissões de eventos externos como jogos, palestras, sessões da câmara de vereadores e outros.

Os microfones da rádio comunitária estão sempre liberados para todos que queiram comunicar.

São Miguel do Passa Quatro ganhou este meio de comunicação que dá vez e voz à todos.

Juízes do Trabalho repudiam mudanças no combate ao trabalho escravo - Portal Vermelho

Juízes do Trabalho repudiam mudanças no combate ao trabalho escravo - Portal Vermelho: A Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 1ª Região (Amatra1) divulgou nota em repúdio à publicação da portaria do Ministério do Trabalho, que impõe novas definições para o trabalho análogo à escravidão. Para a entidade, a proposta do governo Temer dificulta 'a prevenção, a fiscalização e a punição do crime'.